Em sete meses a Estrelinha já comeu…

Em sete meses a Estrelinha já comeu toda a casinha de papelão dela. Três vezes. Até nos convencer a comprar uma de verdade. Já comeu duas coleiras, uma delas irreconhecível depois da façanha. Comeu folha, papel, mato e pedra.

Estrelinha

Já entrou sorrateiramente em casa para pegar um sapato da Lívia e mastigá-lo. Isso foi antes dela comer o chinelo e destruir a almofada nova, a rede da minha mãe e o vaso da minha sogra.

Cansou nossos braços, ombros e pernas puxando a guia em seus passeios, correndo de um lado para o outro desesperada. Arrebentou duas coleiras e uma guia. Hoje ela usa uma para cachorro de grande porte.

Comeu a roupa cirúrgica após a castração. Ganhou um cone da vergonha e já deu umas mordiscadas. Mordeu o tapete da entrada e destruiu muitas bolinhas de meia. Deu um rolê pela casa, mesmo sem autorização, pulou na nossa calça e sujou de barro. Muitas, muitas vezes.

Mas com a Estrelinha não tem tempo ruim. Aqueles olhões brilhantes, a cara sorridente, o focinho molhado no colo. O desespero A alegria em passear lembra a gente de aproveitar as coisas simples da vida.

Talvez ela tenha entrado em nossas vidas não apenas para alimentar nosso Instagram, mas para mostrar que você não precisa de brinquedos caros, um farrapo velho está ótimo. Esquece aquela bolinha importada, eu quero uma meia para mastigar. E importante mesmo é carinho, afago e um belo pote de ração. 😉

jpeg-1jpeg-2jpeg-4jpeg-3jpegjpeg-5jpeg-8jpeg-6

Leave a comment

1 Comment

  1. hahahahahaha

    ri muito lendo esse post… minha Dalila [a vira-lata mais linda do mundo] já fez quase todas essas “artes” e seu espaço no meu coração só aumenta.
    Eles realmente nos ensinam grandes coisas, com coisas simples. 😉

    Quem não tem cachorro em casa, não sabe o que está perdendo!

    Responder

Deixe uma resposta para Nathália Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *